Skip to content

Porrada no Wolverine

1 novembro, 2008
tags:

Já foi melhor acompanhar as histórias do Wolverine… Lembro-me de que quando comecei a ler HQs da Marvel, comecei com Homem-Aranha, X-Men e Wolverine, que ainda eram da editora Abril. Cara, aquele gibi do Wolvie, onde o mix ainda tinha Justiceiro e Excalibur, era o máximo! As histórias dele em Madripoor, como Caolho, e, ainda, aquele arco com a robozinha Elsie Dee e o andróide Albert, que era uma cópia do herói, eram as melhores! Até nos X-Men, Wolverine era mais fodão!

Agora, o que tenho testemunhado nas histórias da Marvel, não está no gibi (ou melhor, infelizmente está). Não sei se é por ser um dos mais populares, senão o mais popular, personagem Marvel, o cara está em todos os lugares! É incrível como ele consegue estar junto com os X-Men no Grimamundo (longe pacas da TERRA!) e, ao mesmo tempo, estar com os Novos Vingadores! É muita apelação! Sem contar que em seu próprio título mensal, o cara ainda está caindo na porrada (mais um confronto definitivo! Ooohh…) com seu eterno rival, Dentes-de-Sabre.

Outra coisa que está incomodando profundamente é a falta de criatividade em explorar o fator de cura de Logan. Wolverine é um dos caras mais fodas em lutas no Universo Marvel, mas só por ter fator de cura, todo roteirista cisma em enfiar a porrada nele. Por mais que seja pró em defesa e ataque, o pobre coitado sempre leva balas, flechas, raios, tem seu coração partido ao meio e tudo o mais.

Em “Novos Vingadores” (“New Avengers“, 2005-presente), na ocasião em que se descobriu que Elektra era um Skrull, Wolverine estava ao lado do grupo, lutando contra uma penca de ninjas, mas SÓ ELE foi atingido por shurikens e espadas. Nenhum dos outros, com menor capacidade de luta, diga-se de passagem, foi atingido. O cúmulo aconteceu em “Novos Vingadores #57”, onde O Capuz golpeia o saco do herói, deixando dúvidas nos leitores quanto ao crescimento do mesmo novamente ou não!

Isso deve doer!

Acho que o personagem não precisa disso. Só porque tem fator de cura, não precisa ser espancado de maneira exdrúxula sempre. Tem que haver  um meio termo. Um cara com a história que ele tem, não apanharia desse jeito de qualquer um. Entendam isso roteiristas!

Talvez um dia, se Wolverine voltar à sua antiga fase de fodão sinistro, eu volte a comprar as revistas. Do contrário, continuo só com as lembranças do Caolho.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 3 novembro, 2008 11:45 pm

    Cara, isso me lembrou uma história do selo Max, se não me engano, em que o Wolverine se pega violentamente com o Justiceiro. Resultado, o Frank dá um tiro de .12 na cara do velho canadense (que o deixa sem face, apeas a lataria de adamantium), outro nos bagos e para um rolo compressor em cima dele. O lance é que os roteiristas perdem a mão com esse negócio do fator de cura. Outro dia, vi umas páginas de uma revista americana em que o Wolverine cai em um tanque de aço derretido, perde toda a carne e músculos e sobrevive!

  2. Aiken frost permalink
    7 novembro, 2008 1:24 am

    Realmente tem muita coisa bizarra nesse estilo. Se pelo menos o cara se concentrasse SÓ no ataque e, se aproveitando do fator de cura, ignorasse a defesa, feito um Thrasher mesmo, teria uma boa desculpa pra esse tipo de coisa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: